Emagrecer a dois. Como emagrecer e manter o relacionamento?

Emagrecer com amor.

Com certeza? Mas…

nem sempre  é

tão simples assim…

emagrecer com amorSeu parceiro, sua esposa ou seu companheiro está preparado para as mudancas que haverão quando você emagrecer?

Muito interessante esse estudo feito na Universidade Estadual da Carolina do Norte em outubro de 2.013.

Amor e companheirismo são receitas fundamentais que não podem faltar na sua dieta de emagrecimento.

A perda de peso nem sempre é benéfica para as relacionamentos não consolidados adequadamente.

Perder peso, emagrecer, ficar mais bonita e saudável é geralmente benéfico para a saúde humana, mas quando em um relacionamento, um dos parceiros toma essa decisão de perder peso, nem sempre isso traz um efeito positivo sobre o relacionamento.

De acordo com uma nova pesquisa da North Carolina State University e da Universidade do Texas em Austin, não pode haver um “lado negro” na perda de peso, se ambos os parceiros estão preparados para mudanças saudáveis​​.

“As pessoas precisam estar cientes de que a perda de peso pode mudar um relacionamento para melhor ou pior, e que a comunicação desempenha um papel importante na manutenção de um relacionamento saudável”, diz o Dr. Lynsey Romo, um professor assistente de comunicação no estado do NC e principal autor do um artigo sobre a pesquisa.

Para o estudo, pesquisadores entrevistaram 21 casais – 42 adultos – de todo o país. Um parceiro em cada casal tinha perdido 30 ou mais quilos em menos de dois anos, com uma perda de peso média de cerca de 60 quilos. As razões para a perda de peso variou de mudanças na dieta e exercício para procedimentos médicos. Os questionários pediam que cada membro do casal detalhasse a respeito do impacto da perda de peso em seu relacionamento.

Os pesquisadores descobriram que, após a perda de peso, a comunicação do casal geralmente mudou para melhor. Os parceiros que perderam peso foram mais propensos a falar sobre comportamentos saudáveis ​​e inspirar seu parceiro a manter ou iniciar um estilo de vida saudável. Casais em que ambos os parceiros foram receptivos a essas mudanças saudáveis ​​relataram interações mais positivas e maior intimidade física e emocional.

No entanto , em alguns casos, a perda de peso resultou em comunicação negativa . Alguns dos que perderam peso incomodava respectivo companheiro a prosseguir a proposta de emagrecimento ou de perda de peso, causando tensão no relacionamento. Os parceiros que não estavam no propósito de perder peso relataram que sentiram- se ameaçados e inseguro pela perda de peso do seu parceiro. Estes participantes foram resistentes as mudanças, fazendo comentários críticos, sendo menos interessado em sexo ou até mesmo, tentaram sabotar seu parceiro com alimentos pouco saudáveis​​, a fim de atrapalhar os esforços de seus parceiros e impedir que o parceiro permanecesse no propósito. O temor parecia ser de que com as alterações de hábitos poderia haver também alteração de parceiro.
“Este estudo concluiu que a mudança de estilo de vida de um dos parceiros influenciaram a dinâmica da interação dos casais em uma variedade de maneiras positivas ou negativas, derrubando a escala de relacionamentos românticos em uma direção potencialmente cima ou para baixo”, diz Romo . “Quando ambos os parceiros compraram a idéia de mudanças saudáveis ​​e apoiaram um ao outro, a perda de peso apareceu para aproximar as pessoas. Quando esses parceiros/ companheiros resistiram a mudanças saudáveis ​​e não foram favoráveis ​​a perda de peso do seu parceiro, a relação sofreu prejuizo.

“Este estudo deve incentivar as pessoas a estar ciente das potenciais vantagens e desvantagens de perda de peso em seu relacionamento”, acrescenta Romo . ” É realmente importante para o parceiro ser solidário com o companheiro que pretende emagrecer ou perder peso, sem se sentirem ameaçados por suas mudanças de hábitos. Esta abordagem vai ajudar as pessoas a perder peso sem comprometer a qualidade de seu relacionamento. ”

O papel, ” Weighty Dynamics : Exploring Percepções de Interação Pós- Weight-Loss ” casais”, foi publicado on-line 24 de outubro na revista Comunicação em Saúde , e foi co- autoria com o Dr. René Dailey , da Universidade do Texas.

Acrescenta- se que o propósito de emagrecimento, perda de peso, inicio de atividades físicas que venham a adicionar qualidade de vida, seja um projeto conjunto, planejado e discutido a dois, em família.

Seria interessante todos os envolvidos se incumbirem de algo que possa acrescentar no propósito do que pretende iniciar um plano de emagrecimento.

As decisões em conjunto devidamente pesquisadas, compreendidas trazem união e o relacionamento entre os casais tende a enriquecer.

Fortalecer os laços, pedindo sugestões e ouvindo- as com atenção, faz com que todos e em especial o companheiro, a companheira seja parte integrante do processo.

Nos desenvolvemos um trabalho que tem ajudado muitas pessoas a lidarem com essas nuances de emagrecimento. Gostariamos de ajudar você que tambem esta tendo alguma dificuldade de emagreciemento alem das dietas.

Como Master Practicionares em NLP adotamos técnicas que podem ser muito úteis. Consulte- nos!

Postado em Uncategorized

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Bem-vindo ao nosso Blog, à nossa Loja! Estamos prontos para ajudá-los a alcançar seus objetivos.